Ouça a rádio FPA ao vivo no seu browser!
Ouça agora

Instale nosso App!

Fique por dentro de tudo o que acontece com o melhor da MPB!

Notas FPA Política Social 403

20/mar/2017
Ano 5 - nº 403 - 20 de março de 2017

Bolsa família pode impedir ingresso de mais brasileiros na pobreza

Estudo recente do Banco Mundial argumenta que o aumento do orçamento do Programa Bolsa Família (PBF) pode ser fundamental para impedir o ingresso de mais brasileiros na pobreza, dada a crise econômica. Como os salários são a principal fonte de renda das famílias pobres e vulneráveis, a crise põe em risco os avanços do Brasil em redução da pobreza e desigualdade. Ao contrário da tendência da década de 2000, em que, segundo o relatório, o Brasil “alcançou reduções impressionantes nos níveis de pobreza”, esse problema tem aumentado.

O estudo aponta que a pobreza deve ampliar-se mais em áreas urbanas e menos em áreas rurais (onde os índices já são mais elevados) e que as pessoas empurradas para a pobreza pela crise atual tendem a ser ligeiramente mais jovens, qualificadas, localizadas em áreas urbanas e no Sudeste, costumavam trabalhar no setor de serviços e são, principalmente, brancas. Assim, seria necessário que o programa funcionasse como uma “rede de segurança, flexível o suficiente para estender sua cobertura às famílias que ficaram pobres recentemente devido à crise”. O PBF precisaria ser adaptado à nova realidade do país.

No entanto, o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, criticou o estudo e afirmou que “não temos ninguém hoje que precisa fora do Bolsa Família”. Absurdamente, o ministro afirmou que a informalidade no mercado de trabalho é principalmente causada pelo Bolsa Família: “Hoje, o Bolsa Família é uma causa importante, senão a maior, da informalidade do mercado de trabalho porque as pessoas morrem de medo de perder o Bolsa Família se arrumarem um emprego. E, se arrumam um emprego, não querem assinar carteira”. Se o Bolsa Família é causa principal da informalidade, faltaria ao ministro explicar por que o Brasil tem historicamente altos índices de informalidade no mercado de trabalho, mesmo antes do surgimento do programa.

Para saber mais:

Governo lançará ações de inclusão produtiva para beneficiários do Bolsa Família
Leia mais

Protegendo os "novos pobres" da crise econômica do Brasil
Leia mais

Salvaguardas contra a reversão dos ganhos sociais durante a crise econômica no Brasil
Leia mais

 
* As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade de sua autora,
não representando necessariamente a visão da FPA ou de seus dirigentes.
 

PUBLICAÇÃO

Notas FPA Política social 407

Com terceirização, é provável que as diferenças se aprofundem, com aumento da precarização do trabalho

28/mar/2017
RESENHA

Liberação da mulher e pluralismo no Oriente Médio

Obra resgata a história da resistência do povo curdo e sua luta pela autonomia

28/mar/2017
PUBLICAÇÃO

Notas FPA Internacional 62

China, Coreia do Sul, Chile e União Europeia (UE), entre outros, barraram as importações de carne brasileira temporariamente

27/mar/2017
PUBLICAÇÃO

Boletim de Análise da Conjuntura 12

Publicação da Fundação Perseu Abramo traz análises nas áreas Golpe contra o Estado, Internacional, Política e Comunicação

27/mar/2017
FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO
Rua Francisco Cruz, 234 - 04117-091 - Vila Mariana - São Paulo - SP
(11) 5571-4299 - imprensa@fpabramo.org.br